Dia do evento
26 de junho 2014 às 19:06
compartilhar

A 35ª Noite Cultural do T-Bone reuniu cerca de 30 mil pessoas na comercial da 312/313 da Asa Norte. O público pôde acompanhar toda a energia das músicas e da apresentação de um dos maiores compositores brasileiros: Jorge Ben Jor. Canções como Fio Maravilha, País Tropical e W Brasil (Chama o síndico) fizeram parte do repertório e agitaram os milhares de presentes por mais de uma hora de show.

Antes das 19h, horário programado para o início do evento, a rua em frente ao Açougue T-Bone começou a ficar cheia. O som da MPB nas caixas de som ajudava a dar o clima da apresentação que estava por vir. Os fãs de Jorge Ben Jor não paravam de chegar ao local do evento e, em questão de minutos, um mar de gente ocupou a comercial.

O apresentador Miqueias Paz ressaltou, durante a abertura, a importância do trabalho de agito cultural realizado por Luiz Amorim, proprietário do Açougue Cultural T-Bone, além de aproveitar o espaço para apresentar o próprio T-Bone para o público que não conhecia os projetos culturais. A apresentação foi bem vinda, uma vez que parte das pessoas presentes eram turistas (inclusive estrangeiros) que tinham vindo à Brasília por causa da Copa do Mundo.

Poetas tiveram espaço, antes do show principal, para apresentar seus trabalhos, acompanhados do percussionista Carlos Pial. A recitação dos trabalhos autorais foi dinâmica, em sintonia com a proposta da Noite Cultural. Os poetas se revezaram um após o outro no palco e Pial fez o acompanhamento musical. O público ficou animado com a percussão e com os poemas, que perpassaram diversos temas.

O show de Jorge Ben Jor com a Banda do Zé Pretinho fez o público dançar e cantar grandes sucessos nacionais. O cantor, inclusive, fez uma homenagem a seu amigo Tim Maia e cantou Do Leme ao Pontal, para alegria dos presentes. Os envolvidos na organização do evento ficaram felizes com o sucesso do projeto.

A 35ª Noite Cultural do T-Bone teve patrocínio da Petrobras e da Eletrobras Eletronorte.