Publicado em
11 de maio 2016
compartilhar

Carregar a Tocha Olímpica é sempre uma honra, mas quando é dentro de nossa cidade o gostinho é ainda melhor.
Recém chegada ao Brasil, a chama dos Jogos Rio 2016, começou sua jornada pelas ruas da Capital Federal num revezamento que, em todo o país, contará com 12 mil condutores e passará por 327 cidades. Na capital da República passou pelas mãos de personalidades, atletas, intelectuais. Um dos condutores da Tocha foi o açougueiro Luiz Amorim, idealizador do projeto cultural T-Bone.
Amorim foi Indicado por seu notável trabalho com o Açougue Cultural T-Bone no projeto Biblioteca Popular que disponibiliza livros de graça nas paradas de ônibus do DF.
Crônicas, TVs e internet destacaram a participação de Luiz Amorim na passagem da Chama Olímpica por Brasília ressaltando o seu trabalho na área cultural.
Toda a repercussão desse fato histórico você acompanha compilada em vídeo abaixo.
Quando o trabalho é relevante e transformador, o reconhecimento é inevitável. Parabéns ao Luiz e ao T-Bone açougue cultural.