Publicado em
24 de novembro 2014
compartilhar

A Fundação Brasileira para Desenvolvimento Sustentável (FBDS) informou que o Brasil precisa fazer alterações na cadeia produtiva pecuária para avançar rumo a uma economia verde. Até 2023, 60 milhões de hectares de pastagens precisam ser recuperados. A informação faz parte da coletânea de estudos Diretrizes para uma Economia Verde no Brasil.

Segundo a pesquisadora Susian Martins, 50% da área destinada à pecuária no Brasil está degradada. Atualmente, a atividade ocupa cerca de 20% da área continental do país, ou seja, cerca de 173 milhões de hectares. A degradação dos pastos acaba afetando negativamente a própria produção, já que a vegetação perde a capacidade de recuperação natural. Além disso, a degradação gera maior liberação de gás carbônico.

A maior causa para o problema é o manejo inadequado do solo por parte dos produtores. A recuperação das áreas degradadas é positiva para o meio-ambiente, os criadores e os consumidores: ao repor os nutrientes, a produtividade aumenta e o gado recebe alimentação de maior qualidade.

Com informações do Globo Rural e da coletânea Diretrizes para uma Economia Verde no Brasil.

Imagem: Reprodução/Unesp.           

.