compartilhar

Um bom churrasco com os amigos e a família é algo que faz parte da tradição brasileira. No entanto, reunir o pessoal em volta da churrasqueira requer planejamento e atenção, para que nada saia errado. Confira a seguir algumas dicas interessantes para fazer um churrasco de sucesso e aproveitar ainda mais esses bons momentos.


Em primeiro lugar, é bom saber quem irá comparecer ao churrasco, uma vez que os hábitos alimentares podem influenciar nas quantidades de alimentos que serão servidas. Se alguns convidados são vegetarianos, é bom não esquecê-los. Caprichar nos petiscos é uma boa pedida. O pão de alho, por exemplo, faz muito sucesso. No T-Bone, a pasta de alho é vendida pronta, o que torna o preparo mais prático.

Do mesmo jeito, se boa parte dos convidados gosta de frango, é bom estar atento e preparar coxas e sobrecoxas, coxinhas da asa, asas... A variedade dos cortes servidos é outro fator importante na hora de fazer churrascos. Apesar disso, alguns cortes tradicionais são garantia de sucesso. A picanha, por exemplo, está entre as carnes mais apreciadas em churrascos. Vários outros cortes, como o ancho e a alcatra, também são boas pedidas.

Algo que muita gente não sabe é que até os hábitos de bebida dos convidados influenciam na escolha dos alimentos: quando consomem mais cerveja e outras bebidas alcoólicas, por exemplo, consome mais carne, em substituição aos outros petiscos.

Calcular a quantidade certa de carne também é essencial. Na página inicial do site do Açougue Cultural T-Bone, os clientes podem encontrar uma "calculadora" para churrascos, que indica a quantidade dos cortes a serem comprados, dependendo do número de homens, mulheres e crianças que são esperados.

O tempero mais utilizado em churrascos é o sal grosso. Para quem quiser ir além, existem diversas opções, como o molho de alho e o chimichurri, também vendidos no T-Bone. É importante, porém, deixar para acrescentar o molho depois de assar, para não deixar a carne ressecada.

Para escolher a altura da carne e a intensidade do fogo, é necessário levar em conta os cortes. Carnes de grelha devem ter uma distância de cerca de 40 centímetros do fogo e o calor da brasa deve estar forte. Mas, mesmo com a boa distância, cuidado para não queimar! Carnes que precisam de mais tempo para assar devem ficar a 60 centímetros, em média, com fogo mais fraco, para não queimarem por fora e ficarem cruas por dentro.

O churrasco não é só carne. Um bom material também é importante. No "arsenal" básico de um churrasqueiro, não podem faltar alguns elementos, como o espeto espada, o espeto duplo, a grelha, a grelha dupla, uma faca bem afiada, garfo, pinça e tábua para corte. Para quem ainda não tem churrasqueira, vale a pena investir em uma churrasqueira tambor.